Cuidados com vazamentos

Publicado em 15 janeiro 2015 por em Blog

0

Muito mais do que um grande aumento no preço da sua conta de água, os vazamentos podem representar também prejuízos de proporções significativas e difíceis de reverter.

Estes prejuízos podem ser igualmente graves em diversos tipos de estrutura, desde as menores como jardins, e outros encanamentos externos, como também em residências e estabelecimentos considerados altamente seguros.

Claro que os estragos serão maiores ou menores de acordo com algumas situações que veremos a seguir, mas para exemplo podemos usar uma edificação comum, como um prédio no qual estejam ocorrendo vazamentos mesmo que mínimos em um único apartamento.

A princípio as infiltrações seriam quase imperceptíveis, e não causariam mais do que um pequeno desconforto estético, mas com o passar dos dias e a pressão constante da água no interior do equipamento já danificado, a tendência é que o vazamento se expanda e se espalhe para outras áreas, inclusive outros apartamentos.

Este prédio estaria então sob diversos tipos de ameaça, que com total certeza poderiam interferir na vida útil da tinta, acabamentos externos e internos, bem como revestimentos e as mais diferentes profundidades da estrutura.

Tudo isso significa que em decorrência desse tipo de transtorno, não só a estrutura seria gravemente comprometida como também poderia ocorrer a desvalorização do imóvel, em pontos isolados, como um apartamento ou dois, da mesma edificação, ou todo o conjunto, de acordo com a gravidade da situação.

Como se pode ver os cuidados com vazamentos vão muito além da simples alteração da cor ou danos na aparência estética de uma construção, e por isso, mesmo os vazamentos mínimos devem ser tratados como prioridades, para garantir a preservação e a durabilidade da estrutura como um todo.

Alguns cuidados com os vazamentos incluem:

  • Verificar periodicamente todas as entradas e saídas de água.
  • Trocar canos danificados ao invés de simplesmente efetuar reparos paliativos. (Emendas).
  • Utilizar material de qualidade nas instalações.
  • Conhecer todos os detalhes da estrutura interna.
  • Consultar um profissional para avaliação periódica.
  • Pedir o aval de um engenheiro responsável (no caso de grandes vazamentos, ou de danos muito antigos)
  • Não deixar para depois.

Tome uma atitude!

Os cuidados com vazamentos também incluem atitude proativa, ou seja, aja com emergência e eficiência sanando o problema o quanto antes.

Afinal quanto mais tempo estiverem ocorrendo as infiltrações maiores serão os danos em longo prazo e isso representa mais dinheiro na conta de água, e também na hora da reforma.

É por isso que estes grandes vilões precisam ser contidos o quanto antes, evitando transtornos difíceis de mensurar e sem falar no desperdício efetivo da água, bem finito, que pode se tornar cada vez mais raro com o passar dos anos.

Então ao se deparar com algum vazamento, mesmo que pequeno, não pense duas vezes. Consulte um profissional o quanto antes e resolva este problema antes que ele se multiplique.

Deixar um Resposta